Espaços Comerciais Casa Cor

Cafe-Lucio-Costa

Ainda dá tempo de visitar a 19ª edição da Casa Cor Brasília. O maior evento de decoração do país conta com 65 ambientes desenvolvidos por renomados arquitetos e designers. As principais tendências em arquitetura e decoração podem ser visitados pelo …

9 de novembro de 2010

Ainda dá tempo de visitar a 19ª edição da Casa Cor Brasília. O maior evento de decoração do país conta com 65 ambientes desenvolvidos por renomados arquitetos e designers. As principais tendências em arquitetura e decoração podem ser visitados pelo público na antiga sede da CEB, na 904 sul.

Com idealização das empresárias Eliane Martins, Sheila Podestá e Moema Leão, a Casa Cor Brasília 2010 traz quartos, banheiros, lofts, jardins, cozinhas e diversos outros ambientes desenvolvidos sob o prisma da sustentabilidade. “Sua casa mais feliz e sustentável”, tema deste ano, homenageia o urbanista Lúcio Costa e traz soluções para unir luxo, requinte, praticidade e uma vida ecologicamente correta.

O cinqüentenário de Brasília inspirou os arquitetos, que se superaram para criar ambientes exclusivos nos espaços que têm, em media, 40m². Postaremos aqui os ambientes deste ano. Confira abaixo os espaços comerciais abertos para visitação:

Livraria por Ado Mendes

Assinada pelo arquiteto Ado Mendes, a Livraria da Casa Cor traz o conceito de uma livraria boutique. No espaço de 36m² o cliente pode fazer mais do que uma boa leitura, ele também tem total liberdade para circular até encontrar o título desejado. A Livraria é funcional e permite ao visitante pegar o livro, pedir o autógrafo e pagá-lo na própria mesa de autógrafos. Na decoração o arquiteto mesclou o colorido com o sóbrio. No mobiliário, fibra e madeira natural. A sustentabilidade fica por conta do ar condicionado, que foi substituído pelo ecológico sistema de umidificação ecobrisa.

Chocolateria por Manuela Rampazzo

A Chocolateria foi projetada por Manuela Rampazzo, paisagista e Prisca Odermatt, museógrafa, ambas arquitetas. O espaço segue com um conceito ousado e contemporâneo. Já os materiais foram escolhidos com o objetivo de criar um ambiente sensorial, remetendo aos prazeres do chocolate. O marrom, cor de chocolate, está no piso de granito, no balcão e nas paredes. O papelão usado nas sacolas e em caixas de bombons serviu de inspiração para a decoração e está no forro do teto e no revestimento das paredes. Nos 36m² serão comercializados chocolates da marca Stans.

Café Lúcio Costa por Tânia Franco e William Hanna

Modernismo e requinte traduzem o Café Lúcio Costa, ambiente de 180m² projetado pelos arquitetos Tânia Franco e William Hanna. Todo o espaço teve como fonte de inspiração o estilo modernista, do urbanista Lúcio Costa. A harmonização de cores, o mobiliário com design retro e a iluminação contemporânea aliados com as obras do grande projetista do Plano Piloto, proporciona aos visitantes um passeio atemporal e histórico pelo cinquentenário de Brasília.

Espaço Fitness por Ângela Brito

Assinado pela arquiteta Ângela Brito, O Espaço Fitness da Casa Cor, tem uma atmosfera relaxante, além de remeter ao minimalismo de espaços orientais. No ambiente, além dos espaços dedicados às práticas de ioga, musculação, alongamento, pilates e danças, um SPA com cromoterapia em LEDs foi projetado para proporcionar relaxamento após os exercícios. Em parceria com a Reebok e a Fit4, patrocinadora do ambiente, a arquiteta idealizou um local que possa servir de modelo para condomínios e hotéis de luxo em Brasília.

Hangar por Maristela Di Oliveira e Aglahilton Soares Silva

Assinado pela arquiteta Maristela Di Oliveira e pelo designer de interiores Aglahilton Soares Silva, o Hangar da Casa Cor, apresenta uma proposta inovadora: atender de maneira charmosa e agradável às necessidades do segmento da aviação executiva.
O projeto seguiu com o objetivo de proporcionar mais conforto aos clientes, a dupla elaborou no espaço recepção, lavabo, sala vip, café/adega, lounge e um espaço para descanso, onde os usuários podem relaxar, fazer uma leitura ou mesmo dormir um enquanto aguardam seu voo. Vale destacar que o Hangar conta com um jato pessoal austríaco, mono turbina, com capacidade para cinco pessoas e que acaba de ser lançado no Brasil

Cervejaria por Jemima Andrade

Pela primeira vez em mostra Casa Cor uma Cervejaria.  Idealizada pela designer de interiores Jemima Andrade e pelo arquiteto João Andrade, o ambiente segue com caráter chique e agradável, criado especialmente para que o cliente possa bater um papo e saborear um chope gelado com os amigos. O espaço, aberto, sem janelas e portas, é a aposta da dupla para valorizar a integração dos espaços internos e externos, além de aproveitar ao máximo a ventilação e a iluminação natural.

Galeria Fotográfica por Denis Alves Sarges

A Galeria Fotográfica, ambiente da Casa Cor, desenvolvido pelo arquiteto e urbanista Denis Alves Sarges foi apelidada por ele, de Casa da Luz Vermelha. Com tem 93m² foi inspirada em Brasília, nos grandes espaços e no uso do concreto. A arquitetura é modernista, e tem como modelo o traçado de Lúcio Costa e a ousadia de Oscar Niemeyer, associando o ferro e concreto de forma diferente e atualizada. A proposta do arquiteto segue com um ambiente interativo que desperta além da curiosidade do público e instiga a visão, o olfato a audição e o tato

Joalheria por André Queiroz e Márcia Coppola

Uma caixa de joias foi a inspiração do arquiteto André Queiroz e da decoradora Márcia Coppola para o projeto da Joalheria na Casa Cor. Com as paredes revestidas em tecidos o ambiente de 36m² é rico em texturas com tons claros e leves. A vitrine homenageia o arquiteto e urbanista Lúcio Costa. A dupla optou por elementos que ilustram a concepção do traçado de Brasília. A paisagista Ana Paula Róseo contribuiu com o ambiente, ela projetou uma árvore seca, dentro da joalheria, com o intuito de reforçar a importância da preservação do meio ambiente.

Loja Casa Cor por Moacir Melo

Com 40m², a Loja Casa Cor é assinada pelo arquiteto Moacir Melo. Com o projeto voltado para a iluminação, à ênfase fica nas peças à venda, por isso, o arquiteto optou pelo tom preto no mobiliário. Desta forma os produtos ficam em evidência. Na loja, a decoração é tradicional, semelhante a um espaço comercial de um shopping. O profissional acredita que o que tem que ser explorado é o produto, mas sem esquecer a decoração.

Pizzaria por Miguel Gustavo

A Pizzaria da Casa Cor pode ser definida como um ambiente de tempero moderno e cênico. O arquiteto e designer de interiores, Miguel Gustavo, optou por cores sofisticadas e acolhedoras no espaço de 225m². A ideia é transmitir tranquilidade aos clientes durante o momento de degustação da pizza. Os móveis aparecem em cores e formas ousadas. As mesas são de laca amarela e o balcão, de ônix iluminado. Para dar leveza ao lugar.

Ótica por Camylla Fay

A designer de interiores Camylla Fay marca sua estreia na Casa Cor. A profissional assina o projeto da ótica Voriques, ambiente de 37 m² que busca na modernidade uma linha clean. A arquiteta adotou linguagem minimalista para criar espaço. Espelhos estão espalhados por todo ambiente com a intenção de proporcionar amplitude no local. O diferencial são os nichos de demonstração dos óculos, que são abertos e amplos, possibilitando que os clientes possam visualizar e experimentar com liberdade os produtos.

Antiquário por Maria do Carmo Araujorge e Fátima Madeira

O contraste entre móveis e adornos antigos mesclado com materiais modernos é a proposta do Antiquário, ambiente da Casa Cor criado pelas arquitetas Maria do Carmo Araujorge e Fátima Madeira. A dupla apostou na harmonia entre o contemporâneo e o clássico. No Antiquário, os visitantes poderão apreciar telas de renomados artistas nacionais. A prataria inglesa e a porcelana chinesa Cia das Índias são um espetáculo à parte. Objetos de grande valor cultural, como esculturas de Victor Brecheret, Alfredo Ceschiatti e Bruno Giorgi, também decoram o ambiente.

Armazém do Sebrae por Eser Silva Seabra

A união de brasileiros nascidos em todos os estados. Essa é a proposta do Armazém do Sebrae, ambiente de 260m² assinado pelo designer de interiores Eser Silva Seabra. A ideia é mostrar que Brasília é a capital do artesanato. Cada setor tem uma cor correspondente. Toda material foi disposto com a mesma preocupação de organização e circulação que orienta os blocos nas superquadras.

Restaurante por Alexandre Milhomem

O arquiteto e designer de interiores Alexandre Milhomem, marca sua estreia na mostra assinando o projeto do Restaurante da Casa Cor. O espaço de 330m² traz muita sofisticação. Na decoração tecidos exclusivos para as cortinas e poltronas e papéis de parede diferenciados. O ambiente foi projetado valorizando a estrutura metálica que abriga o espaço. O conceito remete a uma arquitetura high tech industrial e contemporânea. Para fazer o contraponto, Alexandre usou cores clássicas como prata, preto e bordô e madeira de demolição. O cardápio fica por conta chef de cozinha Rodrigo Sanchez.

Ir para o topo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>